1 de setembro de 2014

Resenha #4: "O Fantasma de Anya" Literatura em quadrinhos ♥

Olá galera, hoje eu venho trazer uma das minhas paixões! Literatura infanto-juvenil. Eu sei que sou muito velha pra gostar dessas coisas, mas acho muito divertido as histórias e, às vezes, eles me fisgam mais que outras histórias.
A leitura que trago hoje é “O fantasma de Anya” que é uma história em quadrinhos! Foi escrita por Vera Brosgol, uma escritora russa.

Esse é o meu :)


Leia a sinopse:





Imigrante russa nos Estados Unidos, Anya é uma adolescente que tenta se adaptar desde pequena. Ela enfrentar típicos problemas da puberdade, como acne, a balança, a popularidade na escola e uma paixão.
Sua vida vira de cabeça pra baixo quando ela cai em um buraco na floresta e encontra o fantasma de uma garota chamada Emily, morta há 90 anos.
Em virtude da sua partida prematura, Emily é uma alma ressentida. Quando consegue seguir Anya até a sua casa, procura maneiras de ser útil e convencê-la a ficar.
Anya começa a desfrutar dos benefícios de uma amiga invisível, prometendo ajudá-la a solucionar o seu possível assassinato.

Verso da capa


Essa é uma história de uma jovem russa que vai para os EUA e tenta se adaptar e ser aceita na escola em que estuda. Ela fuma para tentar ser descolada, evita ir à igreja, tem um complexo de inferioridade, tem vergonha de sua mãe, morre de medo de voltar a ser gordinha, mata aula, vai mal na escola e é ignorada por todos, menos por sua amiga Siobhan. Além disso, é apaixonada pelo garoto mais lindo e popular da escola que tem namorada. Ela morre de amores por ele e sente muita inveja da namorada.
Um dia, voltando para casa, Anya estava distraída e caiu em um buraco no meio da floresta. Lá ela se depara com um esqueleto e, junto com ele, o fantasma desse esqueleto: é Emily que morava ali há 90 anos!



Anya consegue sair do buraco com a ajuda de um garoto que passava ali perto. Quando chega em casa, descobre que foi acompanhada pelo fantasma de Emily que tenta ser útil a todo custo. Ela não pode sair de perto do seu esqueleto e, por isso, colocou um pedaço dentro da bolsa de Anya para que pudesse sair com ela.
A princípio, Anya acha legal ter uma amiga fanstasma que a ajuda na escola trapaceando e melhorando suas notas, mas com o passar dos dias Anya percebe que Emily esconde alguma coisa.
Ela vai a uma festa e vê que o garoto que ela gosta não é tão bacana assim e vê que a namorada dele também sofre. A partir daí, ela começa a perceber que ele não é o cara perfeito pra ela e Anya resolve desistir. Mesmo com tudo isso, Emily se revolta e diz que ela está errada. É quando Anya resolve investigar o passado dela e descobre algo assustador.





A autora soube brincar com os clichês do gênero. Anya é invejosa, cobiça o namorado alheio, sente ciúmes dele, tem raiva de sua condição de “estrangeira”, mas em nenhum momento a garota popular é antipática com ela. E mesmo assim não conseguimos sentir raiva da protagonista.
Eu me identifiquei um pouco com a Anya exatamente pelo fato de ela ser totalmente insegura e tentar ser aceita na escola, sem contar que ela é bem sarcástica e nisso também me identifiquei.
Quando as semelhanças de Anya e Emily vão se dissipando, Anya começa a perceber as coisas que estão erradas a sua volta. E, principalmente, começa a se aceitar como é.
As imagens dos quadrinhos são em tons de azulado, roxo e preto, dando um ar totalmente frio na história.
Eu o li em dois dias, juro! É muito pequeno, falas rápidas, desenhos nítidos, e a história é cativante. Eu adorei e recomendo!

Minhas unhas ♥ haha. Essa é a contra-capa do livro



Desejo a todos ótimos rabiscos e boas cenas ♥♥

12 comentários:

  1. Quero muito ler esse livro também! O seu blog é muito lindo e não importa a sua idade e não importa o público alvo do livro; um história boa é uma história boa e não se pode ser muito velho para uma história assim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, haha. Obrigada pelo apoio, linda :) :)

      Excluir
  2. olá flor! Seguindo vc, mais vc não tá seguindo eu não!
    Achei seu blog fofo! Beijos www.vouderosaa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. geeente, mas esse blogger tá doidão mesmo!!
      agora foi, flor? Me desculpe, viu?? Obrigada pelo apoio, beijos e volte sempre ♥

      Excluir
  3. Olá!
    Acredita que nunca li livros em quadrinhos? A não ser aqueles gibis na infância.
    HQs não são minhas preferências, mas esse parecer bem legal. Quem sabe eu não arrisque a leitura né.
    Adorei o blog. Beijos
    Construindo Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito sim, haha, esse também foi o primeiro que arrisquei e me apaixonei!
      Muito obrigada, linda, volte sempre :)

      Excluir
  4. Adorei sua resenha, não conhecia, mas me interessei pela sua resenha !
    Beijos !
    http://adventure-of-two-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou! Muito obrigada, volte sempre :)

      Excluir
  5. Olá!
    Obrigada pela visita lá no meu blog!

    Eu também adoro histórias infanto-juvenis!
    E super concordo com a Clarissa Nogueira, quando a história é boa ela é boa, independente da sua idade e do público alvo!

    Adorei seu blog! Seguindo :)
    Beijos

    http://www.cantinhodanike.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, linda, você escreve muito bem, estarei te acompanhando!!
      Vou postar mais historias do gênero, são vários perdidos que tenho aqui em casa! Volte sempre, linda :)

      Excluir
  6. Ain, morro de vontade de ler esse livro! Sério mesmo, preciso adquiri-lo.
    Adorei sua escrita, muito linda!
    Seguindo o seu blog aqui também, flor!
    Beijos da Mi :*

    Micaela Ramos
    http://feitadeversoseletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom que gostou *-*
      Leia sim, é muito gostosa a leitura!!
      Beijos e volte sempre, linda!

      Excluir

→ Se for seguir o blog, me avise o mais rápido possível pra que eu possa retribuir!
→ Deixe o link do seu blog para que eu possa visitá-lo
→ Volte sempre ♥

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger